05/11/2011

A paz é um estado de espírito



             Sendo um estado de espírito, a paz está dentro de nós. Ou, pelo menos, deveria estar. E independe das circunstancias.
             E sendo um estado de espírito, ela extrapola o nosso ser e pode influenciar a todos ao nosso redor.
             Quem foi que de repente, não mais que de repente, se pegou rindo, sem saber o porquê, só porque havia alguém rindo por perto?
             Quem foi que, num momento qualquer, começou a bocejar porque alguém estava bocejando?
             Ou começou a se sentir irritado ou cansado porque havia alguém por perto irritadíssimo?
             Nossos sentimentos e emoções são geradores, são transformadores, quer nos demos conta, quer não.
             Exercite a paz interior por algum tempo, independentemente daquilo que esteja acontecendo ao teu redor, independentemente da resistencia ou da "cara feia" daqueles que te acusarão de arrogante ou manipulador. Aliás, use toda a resistencia que encontrar como halteres para te ajudar a exercitar a tua paz.
             Não caia "na pilha" de ninguém. Ajude aos outros a entrarem "na tua".
             Ensine-os a viverem em paz consigo mesmos e com seus semelhantes.
             Pode ser que muitos se afastem, por medo, por não compreenderem, por terem tido que se "armar" contra o mundo para sobreviver, desde a sua infancia ou adolescencia.
             Mas, acredite-me, eles voltarão e te perguntarão: "- Ei! Me explica como você conseguiu? Eu também quero."

             Quando você parar para pensar no custo-beneficio de uma vida de paz, certamente você buscará a paz para si mesmo e, com isso, certamente transformará o mundo porque a paz é geradora, é transformadora.

              E dê adeus aos antiácidos, aos antidistônicos e a toda sorte de ansiolíticos ou recursos que você use para aquietar teu coração.
              E dê as boas-vindas à uma vida mais leve, longa e produtiva!

              Minha cunhada Fernanda escreveu, em um perfil seu de uma rede social, que:
              "Eu sou responsável pelas palavras que eu digo, não pelo que você entende."
          
              E eu complemento cada um de nós é reponsável pela derrota ou vitoria em nossas vidas. As palavras dos outros podem, sim, alterar o rumo das nossas vidas, não porque as palavras de terceiros são leis, mas porque eu as compreendi e aprendi a aplicá-las à minha propria vida.
             Tendo consciencia de que EU, SÓMENTE EU tenho a responsabilidade pelo sucesso ou pelo fracasso da minha vida, de cara, já elimino um ponto de turbulencia: a cobrança em cima do outro.

              Eu já construi e consegui a minha paz e a libero para que você também possa alcançá-la.
       

                                           Gisele Fiaux


                              "Não posso explicar
                              O que o coração de alguém
                              Sente quando encontra a paz
                              E a fé pra ir além

                              Pode um milagre enfim acontecer
                              Quando você acreditar
                              A esperança em ti ninguém jamais
                              Irá matar, depende só
                              Se tu quiseres crer"

                              Se tu quiseres crer - Soraya Moraes


                "Porque quem quer amar a vida e ver os dias bons, refreie a sua lingua do mal, e seus labios não falem engano.
                Aparte-se do mal e faça o bem. Busque a paz e siga-a."
                                                              I Pedro 3: 10 e 11.






Print Friendly and PDF

16 comentários:

  1. Olá Gisele...
    Deus tem mandado para mim exatamente o que preciso ler, e sou grata aos instrumentos que Ele se utiliza, entre eles, vc com esse texto. Sabe, tenho perdido tantas coisas q qdo olho para o lado não tem sobrado nada, fico pensando se Deus não está me dando a oportunidade de me voltar para dentro e descobrir que eu sou a única pessoa responsábel pela minha paz. Bjos e obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha amiga. Fico muito feliz em ajudar a iluminar teu caminho, assim como sei que você ilumina não só o meu, mas o caminho de muitos outros. Desfrute da paz que Deus tem para você. Ela independe do que está acontecendo ao redor. Conte comigo, bjs. :

      Excluir
  2. Olá querida! Achei seu cantinho super aconchegante e abençoador. Gostei tanto que já finquei minha tenda por aqui. Sei que sempre vir aqui serei muito abençoada. Um grande abraço e espero você também no meu cantinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alessandra. seja muito bem-vinda. E fico muito feliz que você tenha gostado do nosso espaço.
      Aguarde minha visita, sim. Terei muito prazer, bjs.

      Excluir
  3. Perfeito, Gisele.

    O poder do outro tem a exata medida com que o aceitamos. A humanidade e seus sentimentos são contagiosos mesmo. Quando nos dispomos a ese contagio.

    No mais, nossa vida, e cada detalhe dela, é responsabilidade tão e somente nossa. As vitórias e as derrotas. A alegria e as lágrimas. E, principalmente, nosso amadurecimento.

    Beijos e que todos possamos nos construir com a paz, que habita ou deveria habitar nosso espírito de guerreiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querido amigo Zé.
      É isso ai. "Quando nos dispomos à esse contagio", o que requer análise para que a escolha seja consciente e resulte na paz inabalável.
      E a partir dai podemos liberá-la, sabendo que esta mesma paz me servirá de escudo e proteção.

      Já estou seguindo teu segundo selo, rsrsrs, o "Os contos do Zé."
      Sucesso, meu querido"

      Um grande bj.

      Excluir
  4. OI Gisele.
    nossa belissimo videio adorei
    essa mensagem e linda de mas
    prbns e muito sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Luiz, pela visita, pelo carinho e pelos votos.
      Que bom que alegrei o teu domingo,bj.

      Excluir
  5. E como é bom nos matremos em PAZ e SERENIDADE, minha amiga!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, realmente inexplicável e deliciosa esta sensação.
      que todos possam experimentar a PAZ e passá-la adiante.
      Valeuzão, minha querida amiga.
      Bjs.

      Excluir
  6. Gi, querida,

    A famosa palavra e necessidade mundial: Paz! Ela começa com a gente. Quando estamos em paz, tudo ao redor fica mais facil de conduzir, a alegria aparece como luz.

    Obs.: Quanto a imagem .... kkkk... não dá para dormir cercada de tubarões! kkkkkk

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, minha linda.

      kkkkk A imagem é perfeita, não?

      E eu estou falando desta paz que é inabalável. Podem vir quantos tubarões existirem no mar. "Eles passarão, e eu passarinho". Mario Quintana.

      Esta paz é uma conquista, é uma construção, e só depende de mim.
      Valeuzão, querida.

      Beijos

      Excluir
  7. Olá querida amiga !!!

    Atrasadinha e sumidinha, mas cá estou eu !!! ;)
    Lindíssima postagem !!
    Concordo contigo, a Paz está dentro de nós, mas teimamos em escolher o caos, a dor !
    Mesmo nas situações difíceis, podemos escolher seguir em paz e tentando resolver tudo desta forma, ou então se entregar para o desespero e irritação.
    E realmente, tudo é contagiante ! Tanto um sorriso quanto a grosseria, por isso é prudente e salutar que escolhamos a alegria, a serenidade e assim, além de seguirmos mais leves , contagiaremos quem está ao nosso redor, ajudando até mesmo sem perceber ! E até mesmo aqueles que fogem por não saber lidar com isso, quando se tomarem consciência, voltarão e se juntarão a nós !!
    Lindo !

    Um beijãooo e boa semana !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atrasadinha não, flor, no tempo certo, rsrsrs.
      Cada um de nós tem um tempo e tudo tem uma hora para acontecer. Esta é uma das grandes lições que tenho aprendido ao blogar: a serenidade para deixar as coisas acontecerem quando devem acontecer. E realmente a paz e a segurança são frutos deste aprendizado.
      E você arrematou brilhantemente, se você não "cair na pilha" do outro e conseguir se manter em paz, quando o outro estiver pronto, voltará e se juntará a nós.
      Perfeito.
      E a maravilha é que já somos muitos, né minha querida? rsrsrsrs
      Silenciosos, perseverantes e obstinados em fazer a diferença.
      Obrigada, florzinha.
      Um grande beijo e uma grande semana.

      Excluir
  8. AO ler seu texto lembrei de uma música do Gilberto Gil, gravada pela Zizi Possi, e começa assim: "A paz invadiu o meu coração."

    Muito bom mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, meu amigo. Quanto tempo!!!
      É mesmo uma contradição muito triste "só a guerra faz nosso amor em paz".
      Mas a canção é muito bonita e a interpretação melhor ainda.

      Aqueles que já alcançaram a paz, com muita luta, mas sem desistir, já podem ensinar ao próximo o caminho das pedras.

      Obrigada pelas palavras e pela visita.
      Um grande beijo.

      Excluir