30/09/2010

Mudanças


                Definitivamente é tempo de mudanças!

                Há algo novo no ar! Um quê indefinível, que não se sabe de onde vem, nem para onde vai nos levar.
                Mas, definitivamente, há algo novo no ar, um perfume diferente, uma calma transparente, um silêncio E.N.S.U.R.D.E.C.E.D.O.R.
               É tempo de se abrirem as janelas e deixar a brisa do mar entrar, mesmo que você more lá no coração do Brasil.
               Não tem importância, a brisa do mar vai chegar ai também, de mansinho, carinhosamente, abençoadamente.
              Como eu sei que vai acontecer? Não sei, só sei que sei.
              É aquela calma e aquele colorido das tardes preguiçosas da nossa infância, tardes de verão, amenas, quando podíamos sentar tranquilamente à beira da praia, até mesmo na Ilha do Governador, sem nenhuma preocupação, apenas curtindo o entardecer, sentindo a brisa passar. E sentindo o cheirinho delicioso da maresia, sem os odores que hoje nos fazem torcer o nariz.
              Como esta mudança vai se concretizar? Também não sei, só sei que sei.
              E não tem a menor importância, nenhuma mudança acontece da noite para o dia. Ela vem devagarinho (assim mesmo, sem o z), chega de mansinho e quando se vê, já foi.
              É por isso que é preciso ter o coração sereno, a calma de quem sabe que não precisa correr, porque vai chegar lá. Onde? Não sei, só sei que vai.
              A felicidade chega de mansinho e se teu coração não estiver sereno, periga ela ir embora e você nem vai se dar conta.
              Deixei mais interrogações do que respostas? Isso é bom, muito bom. Cada um de nós deve achar as suas próprias respostas, que podem ser até parecidas, mas nunca serão iguais.
              O importante é que é tempo de mudanças e elas são muito bem vindas.
              Vocês não acham?
                                                           Gisele Fiaux

Print Friendly and PDF

Nenhum comentário:

Postar um comentário