16/10/2010

Dia de aniversario!

                                                                 
                                                                   Meus tesouros!

                   Aproveitando o dia de aniversario da minha filha, quero dividir com vocês o que eu costumava fazer, na infancia e adolescencia deles, neste dia.
                   Nós costumávamos chamar o dia de aniversario de "Dia de Rei" ou "Dia de Rainha".
                   Por causa das lutas da vida moderna, que tenho certeza que todos conhecem e vivenciam, eu procurava tornar todos os momentos com meus filhos os mais divertidos que eu pudesse.
                   E no dia de aniversario a produção era especial. Os irmãos do aniversariante e eu, costumávamos acordar o Rei ou Rainha, em seu dia, com uma torta confeitada e refrigerantes, cantando parabéns. este era o saudável e recomendado café da manhã.
                   E eu costumava dizer que aquele era o dia mais importante do ano, porque foi naquele dia que ele/ela nasceu.
                   E durante todo o dia, era o aniversariante quem escolhia o cardapio do almoço, lanche e jantar.
                   Ninguém podia brigar com o aniversariante, mesmo que ele tocasse fogo na casa (o que, graças a Deus, nunca aconteceu). E o aniversariante não fazia nada, nem mesmo arrumar a sua cama.
                  Também não precisava ir para a escola, o que não era problema, ja que os mais velhos sempre estavam de ferias em seus aniversarios e a caçula, bem, vamos combinar, aniversario é só uma vez por ano.
                  E era o aniversariante quem escolhia toda a programação da televisão e todos os destinos dos provaveis programas que fizessemos fora de casa.
                  O aniversariante também não ia nem mesmo à padaria no dia do aniversario. Isso era levado tão à serio que, uma vez estávamos na casa da minha mãe e ela pediu à aniversariante para descer e comprar pão. A minha filha mais velha ficou tão chocada que só conseguiu exclamar: "Mas é aniversario dela!!!!!!!!"
                  É claro que eu tive que explicar quais eram as regras porque ninguém entendeu nada. e olha que a padaria era em frente ao predio onde minha mãe morava.
                  Enfim, papais e mamães, curtam muito os seus filhos, um dia eles vão embora e às vezes vão para junto de Deus. Então quais serão as lembranças que ficarão?
                  Minha sugestão: comecem este ano mesmo a fazer o "Dia de Rei" ou o "de Rainha" para os seus, mesmo que eles estejam para completar 50 anos. 
                  Esses dias são inesquecíveis e dão toda a força que precisamos para seguir em frente, não importam as circunstancias.
                                                          Beijinhos a todos!

P.S.: Ja fui avisada que meu post-presente-de-aniversario vai ter troco. Ai! Meus sais, por favor!

                                     Gisele Fiaux

Print Friendly and PDF

6 comentários:

  1. Amiga, muito legal e saudável esse modo de comemorar !
    São momentos como esse q marcam p sempre nossas vidas! :)
    Bjão.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Com certeza. E fazíamos muito mais! Um dia eu conto. E pela vida a fora, estas lembranças dão novo fôlego,bjs.

      Excluir
  2. mas bah guria
    o dia da rainha curti isso
    uma boa ideia
    adoreiii

    bjim guria

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. E não é que é? Lance a moda entre os teus, você vai se divertir, bjs.

      Excluir
  3. Gisa você é hilária, arrematou o seu post c/chave de ouro, " Ai! Meus sais por favor". Nunca tive nem um dia de princesa, mas, sempre tive (e continuo tendo de minha mãe, meu pai já faleceu), ou melhor, tivemos eu e meus irmãos, assim como os seus filhos Gisa, muito amor e carinho de meus pais. Muito legal o dia de príncipe/princesa. bjnhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, querida, por teu carinho sempre. Tivemos uma vida muito atribulada, mas muito feliz. Tenho certeza de que você e teus irmãos também. "Meus sais"?1 Tenho que ter quilos, rsrsrsrs. A vingança prometida ainda não chegou... o que me dá mais "meda"...rsrsrs

      Excluir